quinta-feira, 10 de julho de 2014

Os monstros também amam


O cenário desta história é uma pequena aldeia espanhola junto a costa e no centro da intriga está uma rapariga simples e algo inocente (Sandra) que lá se refugia para encontrar um rumo para a sua vida, pois engravidou mas não esta certa de se querer unir ao pai do seu filho. Neste seu exílio «tropeça» num casal de simpáticos octogenários, os Christensen, uns noruegueses com quem estabelece um laço forte de união. Mal imagina Sandra que no passado do casal há uma tenebrosa passagem por um campo de concentração nazi. No meio deste trio entra um outro idoso, Julián, este vindo da Argentina e que conhece o passado dos «noruegueses», pois foi uma das suas vítimas. Aproxima-se ele de Sandra para chegar aos nazis, uma das suas derradeiras presas pois dedicou toda a sua vida a caçar nazis.

Sem comentários:

Enviar um comentário

"A suprema felicidade da vida é a convicção de ser amado por aquilo que você é, ou melhor, apesar daquilo que você é." Victor Hugo
Um comentário seu é sempre bem recebido, aquece a minha alma com um sorriso...
Obrigado,

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...