sábado, 20 de abril de 2013

Já não canto essa canção

 Porque nunca é tarde para cantar!! mesmo esta canção...



Levaste o meu futuro contigo
Como se eu fosse um passado qualquer
Levaste-me a estrada e o caminho
Onde eu me queria perder

Tivemos o tempo e os segredos
Tivemos o mundo na mão
Desafiamos os medos
Tivemos a mesma canção

E eu levantei-me devagar
E a cada passo fui sentindo o chão
Libertei-me desse abraço
E aprendi a caminhar
E agora já não canto essa canção

Fomos a pele na pele
Feitos em partes iguais
Mas neste quarto em silêncio
Eu já não te espero mais

Deixaste o mundo vazio
Através de uma porta fechada
Uma mão cheia de sonhos
Outra mão cheia de nada

E eu levantei-me devagar
E a cada passo fui sentindo o chão
Libertei-me desse abraço
E aprendi a caminhar
E agora já não canto essa canção

E eu levantei-me devagar
E a cada passo fui sentindo o chão
Libertei-me desse abraço
E aprendi a caminhar
E agora já não canto essa canção

E agora
E agora já não canto essa canção
E agora já não canto essa canção

Sem comentários:

Enviar um comentário

"A suprema felicidade da vida é a convicção de ser amado por aquilo que você é, ou melhor, apesar daquilo que você é." Victor Hugo
Um comentário seu é sempre bem recebido, aquece a minha alma com um sorriso...
Obrigado,

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...