domingo, 16 de outubro de 2011

Não contes a ninguém


Mary Grace simulou a sua morte, e a morte do seu filho, para escapar a anos de maus tratos e sevícias por parte de um marido violento, que toda a gente julgava um bom homem uma vez que é agente da polícia...,agora e com uma nova identidade, quer crer que deixou para trás esse pesadelo, e que poderá recomeçar a ter uma vida normal, incluindo o amor de um novo homem.
Contudo, o marido descobre-a e, pouco a pouco, o perigo aproxima-se de novo, ameaçando tudo e todos...

Sem comentários:

Enviar um comentário

"A suprema felicidade da vida é a convicção de ser amado por aquilo que você é, ou melhor, apesar daquilo que você é." Victor Hugo
Um comentário seu é sempre bem recebido, aquece a minha alma com um sorriso...
Obrigado,

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...