terça-feira, 26 de abril de 2011

Um rio Chamado Tempo, Uma Casa Chamada Terra


Foi a primeira vez que comprei um livro de Mia Couto, e apesar da escrita peculiar, uma vez que me faz lembrar um português mais antigo, posso dizer que gostei muito. Aliás, acho que posso afirmar que não vai ser o primeiro!!
Neste, trata de um relato das peripécias vividas por Mariano, um jovem universitário, pelo funeral do patriarca da família. Ele testemunha uma espiritualidade na ilha da sua infância, dominada por estranhas visitas de pessoas e cartas que lhe surgem do outro mundo, redescobrindo uma outra origem para a sua terra natal e para a sua própria existência.

Sem comentários:

Enviar um comentário

"A suprema felicidade da vida é a convicção de ser amado por aquilo que você é, ou melhor, apesar daquilo que você é." Victor Hugo
Um comentário seu é sempre bem recebido, aquece a minha alma com um sorriso...
Obrigado,

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...